Acordei cedo, e percebi como estava com saudades de você. Estavas tão próxima e ao mesmo tempo tão distante de mim. Resolvi tomar uma atitude, havia um telefone há dois passos de mim… liguei para dizer-lhe que preciso ouvir sua voz. Sua voz pode ser o bastante para me convencer que você existe. Quando sinto que nada tem mais sentido em minha vida, quando o eco de uma ferida é uma memória que pode desaparecer atrás da luz dos seus olhos. Foi você, que tornou-se a minha estrela guia. Os lugares que você caminhou, as decepções pelas quais nós passamos, todas valeram a pena, porque graças aos passos marcados no chão, consegui te encontrar. Quando eu perdi meus sonhos, só você pôde encontrá-los.

“É doce o seu respiro entre os meus pensamentos” (Laura Pausini)

Anúncios